VEREADOR RÊ DO SINDICATO

VEREADOR RÊ DO SINDICATO

VEREADOR RÊ DO SINDICATO

quinta-feira, 10 de setembro de 2015

BONFIM: Diante das reclamações do povo, vereadores cobram respostas das denúncias encaminhadas ao Ministério Público.

O alto preço do botijão de gás mais uma vez foi um dos temas da sessão da Câmara de Senhor do Bonfim desta terça-feira (08). O vereador Rê do Sindicato (PHS), foi o primeiro parlamentar a usar a tribuna, e mais uma vez chamou a atenção do presidente da câmara, para o alto preço do botijão de gás de cozinha praticado em Bonfim.
Com alguns documentos em mãos, uma vez que Rê do Sindicato, juntamente com os vereadores, Mário Jambeiro e Doutor Jorginho, fizeram parte da comissão do gás, aproveitou para apresentar números, e segundo ele, conversando com alguns empresários do ramo, o botijão de gás deveria ser comercializado a R$ 45,00 (quarenta e cinco reais) “Estou aqui com uma nota fiscal de gás, que foi comprado em São Francisco do Conde, e o produto teve destino a Senhor do Bonfim. Lá é comprado a R$ 30 reais e 60 centavos, e é comercializado aqui em Senhor do Bonfim a R$ 60,00 (sessenta reais). E conversando com algumas pessoas do ramo, tive a confirmação que o gás em Bonfim deveria custar  R$ 45,00 (quarenta e cinco reais). Porque mesmo com as despesas do transporte, funcionários, encargos e outras despesas, no final o gás fica para os comerciantes em torno de R$ 39,10 (trinta e nove reais e dez centavos) e mesmo sendo vendido por R$ 45,00  (quarenta e cinco reais) ainda teriam lucro” declarou Rê do Sindicato.












Ao questionar porque o comerciante não vendia o gás a R$45,00 (quarenta e cinco reais), ele  explicou  ao vereador porque  não fazia isso “Segundo o comerciante ele não podia fazer isso, porque é determinação da empresa. Se ele vender por menos, a empresa suspende o contrato com o comerciante, abre mais três empresas de gás com o preço abaixo do dele até o comerciante falir” relatou o vereador Rê a versão do comerciante.
Site: http://ivansilvanoticia.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário