VEREADOR RÊ DO SINDICATO

VEREADOR RÊ DO SINDICATO

VEREADOR RÊ DO SINDICATO

quinta-feira, 19 de setembro de 2013

Vereador Rê do Sindicato garante que seu trabalho na CEI da SEDIC será transparente

Nos próximos dias os vereadores Rê do Sindicato, Otávio Xisto e Mário Jambeiro estarão se reunindo e escolhendo por meio de voto quem será o presidente, relator e membro da CEI (Comissão Especial de Inquérito) que vai apurar possível irregularidade no contrato de mais de cinco milhões firmados entre SEDIC e prefeitura de Senhor do Bonfim. Na sessão da última terça feira (16), logo após o término dos trabalhos, os vereadores Otávio Xisto e Mário Jambeiro, que são do bloco da situação, base do prefeito Edvaldo Martins Correia preferiram evitar qualquer tipo de comentário. Já o vereador Rê do Sindicato, que já declarou que é um vereador independente, destacou para o site ivansilvanoticia que independente de ser presidente, relatou ou membro da comissão, vai agir com ética e transparência, “a quinta assinatura para a criação desta CEI foi a minha, e fico feliz por está fazendo parte dela, meu nome foi sorteado e o povo pode ter certeza que estaremos trabalhando com transparência, não estamos aqui para brincar, política é coisa séria o dinheiro do povo deve ser tratado com zelo, agora chegou a hora do povo tomar conhecimento da verdade, eu também estou ansioso para saber a verdade, seja ela positiva ou negativa, mais a verdade tem que vir átona”, declarou o vereador Rê do Sindicato. Ao término da sessão, o vereador Helson de Carvalho, líder da situação, que teve seu nome incluído na CEI, a qual vai investigar possíveis irregularidades no contrato assinado entre TORRE e prefeitura, gestões de Carlos Brasileiro e Paulo Machado, declarou que tudo que aconteceu ontem na Câmara, foi verdadeiramente um ato de democracia. Sorteado para compor a CEI que vai investigar a venda dos lotes do Parque da Cidade, Ivan Barbosa, líder do PT na Câmara, falou do poder que tem uma CEI, “ninguém não sabe o poder que tem uma Comissão Especial de Inquérito, uma CEI tem poder de polícia, todos os documentos que serão solicitados pelos membros das CEIS terão prazo para serem entregues pela prefeitura, se não enviarem no prazo certo qualquer membro da comissão tem poder de convocar a polícia, invadir a prefeitura e prender qualquer pessoa que descumprir uma solicitação, o prefeito pode ser convidado a qualquer hora para ser ouvido aqui na Câmara”, explicou Ivan Barbosa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário